Missões

|

video

O campo missionário está mais perto de nós do que imaginamos, não precisamos ir para longe se há pessoas tão próximas que necessitam do conforto da palavra de Deus.

Mãos à obra, vamos evangelizar!!

Abraço

Gilberson Martins Dias

Saída

|




Muitas vezes nos sentimos com os olhos vendados, pois não conseguimos enxergar a saída para as situações da vida. O medo nos paralisa ao mesmo tempo em que buscamos resolver tudo sozinhos.
A questão é que nem sempre há uma saída.
Interessante é a história do rei Josafá (leitura bíblica 2 Crônicas 20. 1-15), que nos faz meditar como agir nos momentos difíceis da vida. Josafá reinou sobre Judá, tinha trinta e cinco anos quando começou, e reinou vinte e cinco anos em Jerusalém.
Ele andou no caminho de Asa, seu pai, não se desviando, fazendo o que era reto perante o Senhor.
A bíblia relata que Josafá foi avisado que uma grande multidão viria contra ele, sendo assim, ficando com medo, começou a buscar ao Senhor.
“Se algum mal nos sobrevier, espada por castigo, peste ou fome, nós nos apresentaremos diante desta casa e diante de ti, pois o teu nome está nessa casa; e clamaremos a ti na nossa angustia, e tu nos ouvirás e livrarás”. (2 Crônicas 20. 9)
“Ah! Nosso Deus, acaso, não executarás tu o teu julgamento contra eles? Porque em nós não há força para resistirmos a essa grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti”. (2 Crônicas 20.12)
Como o rei Josafá, precisamos confessar que não sabemos o que fazer. Nosso conhecimento ou qualificação parece não fazer a mínima diferença nesses impasses.
Nesse sentido, precisamos ter os olhos no Senhor. Mesmo que não consigamos enxergar nenhuma possibilidade, não podemos ignorar a presença de Deus em nossa vida.
Ele esta ao nosso lado, acompanhando nossa trajetória, e por que somos tão teimosos em recusá-la?
Dificultamos tudo porque queremos “chegar lá” sozinhos! Enfim, quando cansamos de procurar soluções e pedimos a Deus ajuda, ele mostra a solução claramente, tira a “venda” que atrapalha a nossa vida ou, até mesmo, milagrosamente faz com que o problema deixe de existir.
Fica claro isso no texto em estudo, quando narra que os inimigos de Judá foram mortos pelo Senhor antes mesmo de a guerra começar.
Devemos pedir ajuda a Deus assim que surgirem os problemas, e assim, aguardar a solução. Não devemos resolvê-las só por nós mesmos.
Assim, temos que admitir que precisamos de Deus pra tudo!!! Devemos buscar somente nEle as melhores decisões.
Deus conhece a saída e nos levará a ela se prestarmos atenção a Ele.
“... não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão, pois a peleja não é vossa, mas de Deus”. (2Crônicas 20.15 b)
Não obstante, tudo que recebemos pela graça de Deus, devemos nos prostrar diante dEle e adorá-lo, rendendo graças ao Senhor, porque a sua misericórdia dura para sempre.
Tenho louvado a Deus com uma canção que traz em sua letra a razão da minha vida e a única saída:



Senhor, abre os meus olhos preciso ver
A realidade de quem eu sou, criado em ti, à tua semelhança
Senhor, o meu passado teu sangue apagou
Uma nova vida me entregou
O teu poder, transforma meu ser, de glória em glória
Eu nasci de novo
Nasci de novo, em Ti, sou mais que vencedor
Eu nasci de novo
Nasci de novo, faz-me ver assim como sou
Contigo eu fui crucificado
Morreu meu velho homem escravo do pecado
E agora eu sou livre em ti
Não mais eu, mais Cristo Vive em mim!!
Uma nova criação eu sou!



Que todos possam encontrar a saída em nome de Jesus!!!
Graça e paz irmãos!
Ellen Rocha

DEPENDER DE TI

|


Gostaria de pedir desculpas ao meu colega de blog pela demora em postar alguma mensagem nova aqui, mas essa semana foi corrida.

Não canso de citar esse versículo:

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que enviou o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça e tenha a vida eterna." (João 3:16)

Esse é um dos mais bonitos versículos da bíblia que nos faz meditar e tentar imaginar o quanto Deus amou a humanidade, eu, você, todas aqueles que conhecemos, enviou o seu único filho para que tivéssemos vida, porque o homem é pecador,no entanto, Jesus morreu na cruz para nos salvar dos nossos pecados, os que já praticamos e aqueles que ainda iremos praticar.

Temos que imaginar esse amor como o de uma mãe que ama o seu filho de qualquer maneira, mesmo que ele seja o pior dos bandidos. E ainda Deus afirma:
"Acaso pode uma mulher esquecer -se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho de seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu (Deus), todavia não me esquecerei de ti."( Isaias 49:14).

Mesmo que todos venham a te esquecer, há alguém em quem você sempre poderá confiar, ele sempre esta ao nosso derredor nos cuidando e nos guiando, é só deixarmos ele atuar em nossas vidas:
"Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele" (Apocalipse 3:19)

Por isso deixemos Deus atuar em nossas vidas livremente, não tente agir por sua própria força, pois ele sempre tem um propósito para nossas vidas, e para tudo que acontece, mesmo que em um primeiro momento apareçam situações completamente impossíveis de serem resolvidas, ele sempre estará conosco nos direcionando para o melhor caminho a seguir.

“O Senhor diz: Os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, eu não ajo como vocês. Assim como o céu está muito acima da terra, assim os meus pensamentos e minhas ações estão muito acima dos seus". Isaías 55:8-9.


Temos que aprender a confiar e a depender de Deus, entregar todas as áreas de nossas vidas a Ele!

Um grande abraço a todos,

Deus os abençoe,

Rômulo Almeida Carneiro

REFLEXÃO

|



JESUS É O ÚNICO CAMINHO PARA NOSSA SALVAÇÃO

DEUS ABENÇOE A TODOS

RÔMULO

Religiosidade

|

Religiosidade
Armadilha que Separa


Para vivermos no Amor de Cristo, citado no artigo anterior, precisamos ser pessoas que realmente amam e não rejeitam uns aos outros, precisamos lutar contra uma armadilha que infelizmente está presente na igreja, a Religiosidade.

A palavra Religiosidade significa “Sentimento que nos impele a reconhecer a divindade independentemente de culto determinado”, nos evangelhos, Jesus reprova qualquer ato religioso, pois a religiosidade é capaz de separar as pessoas e sufocar o amor.

No capítulo 23 de Mateus, Jesus nos dá uma preciosa pregação sobre religiosidade, da qual podemos trazer algumas lições para os dias de hoje.

1) Quem são os religiosos? (versículo 2)

No texto, Jesus deixa claro que está falando dos escribas e fariseus, porém, diz que não se deve segui-los como exemplo, pois não fazem aquilo que falam, hoje não é diferente, dentro das nossas igrejas temos vários escribas e fariseus, são pessoas que entendem da Palavra de Deus, conhecem o evangelho, mas não o cumprem, freqüentam a igreja no domingo e acham que já fizeram sua parte com Deus e se sentem melhores que os outros.

2) Pensam ser Santos (versículo 5)

Pessoas religiosas não costumam assumir que são falhos, que sempre estão errando e que suas vidas não são perfeitas assim como a de ninguém é, para eles o fato de conhecerem o evangelho e poder mostrar isso para os outros é mais importante do que praticar a Palavra, pois pensam que apenas sendo conhecedores já estão salvos, mas de nada adianta se suas obras forem para os olhos dos homens.

3) Gostam de se destacar (versículo 6)

Os religiosos procuram sempre estar a frente de alguma atividade na igreja, sua intenção porém não é fazer a obra de Deus, mas sim aparecer para que sejam vistos pelos outros, procuram sempre sentar à frente e até discutem as aulas da Escola Dominical, quanto mais aparecer melhor, pois assim serão comentados pelos outros, chamados de sábios, mas como diz a Palavra de Deus no versículo 12, “Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado”, assim será com os religiosos.


Podemos tirar muito mais lições deste texto, mas esses três tópicos são facilmente encaixados em nossas igrejas, vemos pessoas agirem desse modo o tempo todo, isso faz com que a igreja se torne um muro e não uma ponte entre os necessitados e Deus. Quantos visitantes já foram à uma igreja e não retornaram por causa de atitudes como essas? O que podemos fazer para mudar essa situação? Basta seguir a instrução de Jesus para vencermos a religiosidade, no versículo 8 Ele diz que somos todos irmãos e que só existe um mestre, então não adianta querermos realizar obras pelas nossas próprias mãos, nenhum fruto nascerá se não tivermos o amor de Cristo plantado em nós, não adianta sermos conhecedores da Palavra se não a praticarmos, Jesus disse que temos um só Pai e que Ele é nosso guia.

Quando decidimos depender de Cristo como nosso guia, não há espaço para religiosidade. Aí nos tornamos pessoas que amam. Aí nos tornaremos uma igreja que é uma ponte e não um muro.

Devemos entregar tudo nas mãos de Deus e nos unirmos como um só corpo, para que tudo que fizermos seja para os olhos de Cristo e não dos homens.


Deus ilumine a todos!

Gilberson Martins Dias

João 3:16

|

video
Não importa o que façamos ou pensamos, Deus sempre está conosco, cabe a nós confiarmos e entregarmos nossas vidas à Ele.
"Deus amou ao mundo de tal maneira, que deu seu filho unigênito para que todo aquele que Nele crê, não pereça, mastenha vida eterna." - João 3:16

Deus ilumine a todos

Gilberson Martins Dias

Música

|



Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam à Deus! (Romanos 8:28)

Umas musica maravilhosa e bastante reflexiva do novo Cd do cantor Fernandinho, uma dica de boa música para se ouvir!

Que Deus abençõe a todos!

 

©2009 Grito de Louvor - Evangelismo via Internet | Todos os direitos reservados a Cristo